Yoga para bebés e crianças! – O que é?

Para definir melhor o que é, passa a ser importante definir o que não é. Então Yoga para bebés e crianças não é uma prática igual à que conhecemos para os adultos. Não vamos fazer posturas dificílimas ou que estejam além dos limites corporais e emocionais da criança.

Também não se pretende que os bebés, as crianças e os pais realizem técnicas avançadas e complicadas de respiração, nem muito menos ser ‘Zen’ o tempo todo ou os pais terem que ser praticantes de Yoga.

Então, o que é Yoga para bebés e crianças?

Yoga para bebés e crianças é uma forma de estar e vivenciar momentos de plenitude entre pais e filhos ou entre professor e crianças. O maior trabalho que o professor tem em aula (e fora dela!) acontece no seu próprio interior. Este é o principal trabalho do professor que deverá aprender a respirar pelo coração, dar asas à sua imaginação, soltar o seu corpo e ouvir as crianças e os pais.

Após esta ponte construída a aula de Yoga flui, como um rio.

“O Diniz era um bebé muito agitado e desde que começámos o Babyoga que está muito mais calmo, a seguir a estas aulas, o Diniz chega a dormir 5 horas seguidas.” Joana Picão, Diniz 4 meses. (in site: www.babyogaportugal.com)

E assim a ponte se vai construindo entre pais e filhos numa prática que resulta de uma mistura entre a adaptação de posturas do yoga tradicional aos bebés, com a prática de movimentos desenvolvidos para estimular a integração sensorial do bebé. É uma prática em conjunto entre pais e filhos. Estas aulas centram-se essencialmente no desenvolvimento psicomotor e emocional das crianças. Os pais descobrem novas formas de estimular o desenvolvimento físico, social e emocional da criança construindo, desde a primeira infância, vínculos afectivos profundos e sólidos.

Os bebés praticam yoga todos os dias e naturalmente, pois faz parte do seu desenvolvimento. Nas aulas, o professor estrutura, organiza e contextualiza o que os bebés trazem de inato e fazem naturalmente. Praticar yoga nesta idade pode ajudar os bebés a normalizar as suas emoções, a melhorar o processo de digestão bem como o alívio das cólicas, reduzir a inquietação ou irritação, aumentarem a auto-confiança, a auto-estima, a conhecerem-se interiormente bem como a sentirem-se confortáveis com o seu próprio corpo tornando consciente a importância da respiração. Um corpo ágil e forte revela uma mente igualmente forte e ágil.

E não são só os bebés que ganham os benefícios. Os pais também! Os pais ganham conexão profunda com o seu bebé, adquirem a consciência do toque, ficam menos ansiosos e mais confiantes enquanto cuidadores.

Todo o mundo do bebé e dos pais flui melhor, como um rio!

Os bebés vão crescendo e vão sendo cada vez mais afectados pelo estilo e ritmo de vida acelerado dos seus pais, da sociedade e outros eventos. As exigências e pressões escolares, as inúmeras atividades diárias, o aumento da quantidade de tempo gasto nos telemóveis, tablets e afins versus a diminuição de qualidade de tempo passado em família limita a criança na sua capacidade de “olhar para dentro”, de vivenciar o seu talento, de se aborrecer para ser criativo.

Então é importante sabermos como ganhar equilíbrio e harmonia trazendo mais calma, auto-confiança, trabalhando a auto-estima, a flexibilidade física e emocional bem como, a agilidade corporal e mental.

Nas aulas de Yoga para crianças, o professor deverá reconhecer os interesses e motivações das crianças e trabalhá-las dentro de aula. São aulas divertidas, enérgicas recheadas de jogos e actividades lúdicas introduzindo os conceitos de Yoga num ambiente de cooperação. Assim as crianças aprendem enquanto se divertem crescendo e adquirindo todos os benefícios da prática do Yoga, criando uma base saudável para toda a vida.

“Sendo o meu filho uma criança considerada hiperativa, confesso que estava reticente quanto aos resultados das aulas de Yoga. Estou de facto surpresa com os resultados. O meu filho adora as aulas de Playoga, faz em casa, incentiva-nos a fazer com ele e acima de tudo consegue gerir muito melhor o seu estado activo conseguindo se auto-acalmar. Estamos todos a adorar!” Susana, Mãe do Martim, 6 anos (in site: www.babyogaportugal.com)

E o mais importante numa aula de Yoga para bebés e crianças é a criação de espaço. Este espaço permite que os bebés e crianças explorem-se e apreciem todo o seu potencial criativo. Este espaço permite também que nasça uma forma de comunicação e empatia através do corpo, do olhar e do toque. Esta linguagem é única e insubstituível.

Após esta linguagem formada, a vida flui, como um rio!

Com Amor,

Sandra Matos
Fundadora
Escola Babyoga Portugal
www.babyogaportugal.com
www.sandramatos.net

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *


Voltar atrás